Sem falar em dinheiro, é possível cultivar bons hábitos desde cedo

Não é preciso falar de dinheiro nem manter conversas chatas com as crianças para formar adultos que lidam bem com as próprias contas. Confira 6 dicas para criar bons hábitos financeiros.

shutterstock_36219253[1]

1. RECURSOS ESCASSOS
Ensine as crianças a preservar água, comida, energia, papel e outros recursos usados em casa ou no bairro. Produzir menos lixo e reciclá-lo também são boas ideias.

A lição
Os recursos naturais são finitos. Mal administrados, podem acabar. Consegui-los de volta pode custar mais caro. O mesmo ocorre com o dinheiro.

2. LISTA DE COMPRAS DO SUPERMERCADO 
Pedir ajuda aos filhos para consultar a despensa e preparar a lista de compras é uma boa prática. Assim como convidá-los a fazer o supermercado com os pais.

A lição
É importante planejar a compra antes de sair de casa. Ao adquirir esse hábito, a criança tende a associar o uso do dinheiro a uma reflexão, e não a impulsos.

3. TREINO DE FUTUROLOGIA 
Contar histórias já é um bom hábito. É possível enfatizar situações em que os protagonistas precisam fazer escolhas, tomar decisões e pesar consequências. Melhor ainda se a escolha for entre satisfação imediata e trabalho duro para ter ganhado maior futuro.

A lição
A espera pode trazer recompensas. Nem sempre é bom ter na hora tudo o que se deseja.

4. PASSEIOS SEM AGRADO
Mesmo tendo de lidar com birras diante do público, de vez em quando, é importante passear com as crianças em lojas de brinquedos e sair de lá de mãos vazias.

A lição
O treino de não comprar à primeira visita é um exercício de autocontrole. A criança aprende que precisa se conter diante de tentações. E que a decisão de comprar tem de amadurecer.

5. AS ESCOLHAS DA BOA MESA
A família precisa ensinar aos filhos o valor dos alimentos e das boas refeições. Deve-se mostrar que escolhas ruins podem levar a dor de barriga, desperdício e problemas de saúde.

A lição
A lógica da dieta é a mesma do dinheiro. Decisões tranquilas e comedidas tendem a trazer resultados melhores.

6. O BOM EXEMPLO É FUNDAMENTAL
Os pais precisam mostrar que podem cumprir o que propõem aos filhos. Se foi combinado que o brinquedo terá de esperar, o mesmo deve valer para o sapato da mãe e o celular do pai.

A lição
A criança aprende mais pelo que vê do que pelo que ouve. Se é hora de conter gastos, todos da família devem colaborar.

Época  | Luciana Vicária

Um pensamento sobre “Sem falar em dinheiro, é possível cultivar bons hábitos desde cedo

  1. Otimo… Bons hábitos desde sedo, faz com que as pessoas promovam o bem não só a elas mesmas mas, ampliem a todos em sua volta. Parabéns pelo artigo.

    Ass. Lucas Furtado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s